quarta-feira, 11 de abril de 2018

QUEM FOI O APÓSTOLO PAULO?

Resultado de imagem para foto apostolo Paulo
O quanto temos aprendido com suas cartas, sua trajetória e sua vida... Não nos seria possível descrever. Podemos apenas sentir a imensurável gratidão que nos vai no peito: ao grande convertido de Damasco, por tudo o que nos legou e nos inspira a ser, e a Emmanuel, por meio do qual temos podido realmente o conhecer. 

"Lede as cartas de Paulo e meditai. O convertido de Damasco foi o agricultor humano que conseguiu aclimatar a flor divina do Evangelho sobre o mundo.

 Muitas vezes foi áspero. A terra não estava amanhada e, se em alguns pontos oferecia leiras brandas e férteis, na maioria eram regiões em espinheiras e pedregulhos. Paulo foi o lidador de sol a sol. Seu fervoroso amor foi a sua bússola divina. Sua paixão no mundo, iluminada por sua dedicação ao Cristo, transformou-se na base onde deveria brilhar para sempre a claridade do Cristianismo.

 Conheci-o, em Roma, nos seus dias de trabalho mais rude e de provações mais acerbas. Vi-o uma vez unicamente, quando um carro de Estado transportava o senador Públio Lêntulus, ao longo da Porta Ápia, mas foi o bastante para nunca mais esquecê-lo. Um incidente fortuito levara os cavalos a uma disparada perigosa, mas um jovem cristão, atirando-se ao caminho largo, conseguiu conjurar as ameaças. 

Avistamos, então, um pequeno grupo, onde se encontrava a sua figura inesquecível. Trocamos algumas palavras que me deram a conhecer a sua inteireza de caráter e a grandeza de sua fé. 

O fato ocorria pouco depois da trágica desencarnação de Lívia e eu trazia o espírito atormentado. As palavras de Paulo eram firmes e consoladoras. O grande convertido não conhecia a úlcera que me sangrava no coração, todavia, as suas expressões indiretas foram, imediatamente, ao fundo da minh'alma, provocando um dilúvio de emoções e de esclarecimentos. 

Luzeiro da Fé viva, Paulo não pode ser olvidado em tempo algum. Seu vulto humano é o de todo homem sincero que se toque de amor divino pelo Cordeiro de Deus. Lede-o sempre e não vos arrependereis."

 Emmanuel (Do livro "Amor e Sabedoria de Emmanuel" - Clóvis Tavares, parte I, cap. 4)

SOLUÇÃO PARA PROBLEMAS BRASILEIROS NA VISÃO DA CONSTELAÇÃO FAMILIAR

 
 
No Seminário Internacional de Constelações Familiares que ocorreu em Brasília 2016, Bert e Sophie Hellinger falaram sobre a ingovernabilidade de nosso país. Que enquanto o povo brasileiro excluir e/ou não der um lugar em seu coração aos povos de origem, que nosso país continuará ingovernável. 
Quem são os povos de origem da maioria da população brasileira? São os índios, os negros e os portugueses. 
E o que fazemos em relação à eles? Aos negros, o racismo. Aos índios, a expulsão de suas próprias terras. Aos portugueses, piadas de mal gosto... 
A ordem nos relacionamentos é honrar as raízes, é reconhecer quem veio antes. Pois graças à eles e ao que passaram, hoje estamos aqui. 
Já viram árvores sem raiz? O destino é a queda. 
Por isso, compartilho as ordens do amor, a partir desta visão sistêmica. 
A responsabilidade é de todos, de cada um. Só há força pra seguir adiante de forma saudável com reconhecimento das próprias raízes. 
Desejo que possamos fazer as pazes com nossa história enquanto povo brasileiro! Lembrando que, a partir dela, da forma como ocorreu, é que estamos aqui hoje. 
Que possamos deixar o passado no passado, mas igualmente dar um lugar à quem nos antecedeu em nossos corações." 

Sugiro que uma contribuição consciente e profunda de todos nós que reconhecemos o poder transformador das constelações seja - na abertura de todos os grupos - iniciarmos honrando os antepassados históricos de nosso pais. 

Idemar Menon 

Pare nesse momento... 
respire 3x profundamente e vibre: 

"Brasil, eu sinto muito por tudo que eu e meus antepassados fizemos com você, me perdoe pela minha inconsciência e de meus antepassados, eu te agradeço por ser uma terra fértil e abundante de alimento e água, com o melhor clima do mundo, sem desastres naturais e sim só desastres que nós homens produzimos devido a nossa inconsciência, Brasil eu te amo, porque você é o país onde meu espírito escolheu evoluir, e não irei te decepcionar."*

*"Brasil amado, perdoe a nossa inconsciência nós não sabemos o que estamos fazendo" 

Eu Entrego... 
Confio... 
Aceito... 
e Agradeço. 
Assim está feito.
 
Enviado por Regina Scheer 

O QUE INTERESSA ANDRÉ LUIZ/CHICO XAVIER





As ocorrências da vida se destacam em dias de determinadas, na senda de todos: 
As tribulações em família; 
os obstáculos no trabalho; 
as enfermidades de longo curso; 
os desgostos domésticos;
 o momento de erro; 
os tempos de crise; 
os empeços profissionais;
 as incompreensões de pessoas queridas; 
os dias de reconforto; 
as horas de êxito nas realizações laboriosamente esperadas;
 os sofrimentos ocultos; 
os parentes difíceis;
 as aversões gratuitas; 
os companheiros-problemas;
 os prejuízos de conseqüências graves;
 os negócios infelizes; 
as épocas de solidão; 
e as sombras da tempestade, quando a tempestade nos domina o ambiente... 
De tudo isso, a Divina Providência toma o conhecimento preciso, através dos mensageiros que a representam, junto de nós, mas, em verdade, aquilo que ao plano Superior interessa saber é o nosso tipo de reação, diante disso ou daquilo que nos sucede.
 
 André Luiz

terça-feira, 10 de abril de 2018

"SER O SABER " ECKHART TOLLE

PRAÇA    "LA CORUNA"  ESPANHA    Foto: Alzira Boechat


Abandonar qualquer julgamento não significa não reconhecer a disfunção e a inconsciência quando se deparar com ela. Significa "ser o saber", e não "ser a reação" e o juiz. Você não vai nem querer reagir ou poderá reagir e ainda assim ser o saber, o espaço no qual a reação é observada e onde ela se permite existir. Em vez de brigar com o escuro, você traz a luz. Em vez de reagir a uma desilusão, você vê a desilusão, mas, ao mesmo tempo, enxerga através dela.

Ser o saber cria um espaço nítido de presença amorosa que permite a todas as coisas e pessoas serem como são. Não existe maior catalisador para que a transformação aconteça.
Se você adotar essa prática, o outro não conseguirá ficar com você e permanecer inconsciente.

ECKHART TOLLE

sexta-feira, 6 de abril de 2018

COMPRANDO PATO DE LOUÇA EM LISBOA FOTOS DA LOJA MARAVILHOSA







 Pato visto de frente e de costas; folheto divulgação da loja



Pato sendo embalado pra viajar para a Suécia e depois para o Brasil

Lisboa, 6/04/2017

Ontem saí para comprar papéis para découpage, sozinha; Ari queria descansar.

Fui a 3 papelarias com o mesmo nome e consegui comprar 1 papel, 1 pincel e 1 tinta laranja. Bom.

No caminho de volta, entrei numa loja de louças de que havia gostado no dia anterior. As louças eram deslumbrantes, de qualidade. A vendedora/dona me contou um pouco da história da cerâmica que vende, tradicional, de um ceramista português famoso.

 Amei a queijeira à esquerda. As louças são maravilhosas e a decoração/exposição também. A loja é uma verdadeira "contemplação do belo." As vasilhas podem ser compradas, mas a beleza delas não; a beleza delas pertence a todos que conseguem apreciá-las, da vitrine ou dentro da loja. Foi o que fiz: não quis ter nada, mas quis entrar e falar sobre a beleza e meu espanto com ela, contar sobre o pato que me chamou a atenção, ouvir sobre a cerâmica e o ceramista que a trouxe ao mundo.
Puro êxtase ! Isso é para mim viagem, vida e prazer.

 Amei os peixes de louça sobre quadro preto.

 Amei essa mesa: as cores são completamente diferentes e, no entanto, nos dão uma sensação de harmonia interessante. Harmonia dos contrastes?

 As vasilhas-melancias são demais!



 Tigelinhas lindas e despretensiosas!



 Duas fotos acima da mesma mesa em outro ângulo. Reparem na beleza dessa vasilha-beringela!



A mesa da queijeira de outro ângulo!

INCIDENTE POSITIVO NUM HOTEL EM LISBOA PORTUGAL FOTOS

 
 
 
 Acima, Praça em Guimarães(Foto: Alzira Boechat)
 
 
Íamos ficar para dormir em Guimarães. Tínhamos hotel. Ari falou varias vezes em viemos pra Lisboa. Perguntei se ele queria vir pra cá na quarta e ele disse sim. Suspendemos o hotel lá e ele reservou à noite de quinta nesse hotel da praça. No nosso de ontem até amanhã sábado não havia vagas. É um prédio grande e antigo.

Pelas divisões, imagino que era hotel e agora reformaram. E vi que continuam as reformas.

Ari reservou faz muito esse hotel e lembrava bem o que pagou. Ganhamos o número do quarto no segundo andar e subimos pra pegar as malas que tínhamos deixado guardá-las no quarto de guardar malas mais cedo quando deixamos o outro hotel. Nosso quarto era no mesmo andar, o segundo. Fomos pra lá. Entramos.

Ari disse: “Pedi quarto grande e esse é pequeno. Não é esse o nosso. Vamos descer e avisar que houve um engano.” Descemos e avisamos. Imediatamente ganhamos esse em que estamos: amplo, 3 possibilidades de sentar, bonito, mesa grande para mala. Muitas mesas de apoio, armário, geladeira. Ari ficou feliz. Eu também. 
 
 





 Acima, fotos com detalhes do nosso quarto no Rossio Inn/Hotel Americano.

Acima foto na parede que se vê no topo da escada de entrada
 para primeiro andar do hotel. 
A impressão que se tem é que os bondes vão descer de encontro a nós!

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

GRATIDÃO: EU E DEEPAK CHOPRA... A INFLUÊNCIA DA OBRA DELE NA MINHA VIDA

Esse post é dedicado a todas as pessoas que aceitaram meu convite para grupos de leitura e reflexão. Graças à presença delas eu aprendi.
Gratidão pelo caminho percorrido juntos; pela presença na minha vida;pelo apoio.
Aprendi hoje com a Angela Bittencourt a "virar" as fotos!
Que Deus abençoe todos vocês!
Abraço.
Alzira Maria

Estocolmo, 8/02/2018

Recebi essa semana um post pelo WhatsApp que me deixou pensativa e com vontade de escrever sobre. Faço isso agora.

E por que o assunto mexeu tanto comigo? Porque era sobre o doutor Deepak Chopra, meu amigo de perto, meu companheiro de jornadas e jornadas de leitura.

Os livros dele, descobri de uma maneira normal para mim: entrei numa livraria em BH, quando visitava amigos com o Ari, estendi a mão para uma das prateleiras e trouxe 2 livros, um bem fino. Eram "As sete leis espirituais para o sucesso" e "Criando prosperidade"; o primeiro era o desenvolvimento do segundo que, por ser muito condensado, trazia dificukldades para ser entendido.

Acima texto do "Criando Prosperidade"

Descobrira nesse momento um autor que me acompanharia pela vida afora a partir desse momento, Deepak Chopra, naquela época,  uns 20 e poucos anos atrás,mais ou menos um ilustre desconhecido para mim.

Depois veio o "A cura quântica" baseado na física quântica, uma enorme novidade que virou a física tradicional de cabeça para baixou e possibilitou a revolução que se viu, e se vê ainda, nos meios de comunicação: computador, celular, etc. E também na medicina, como ele conta no  livro.



O que fez história também foi o "A realização espontânea do desejo" onde ele trabalha com sutras para nos ensinar como fortificar em nós a possibilidade de criarmos, atrairmos sincronicidades em nossa vida.

E a maneira como achei esse livro foi pura sincronicidade! Eu conto.
Eu e Ari estávamos na praia da Cocanha(15/01/2007), litoral paulista, numa casa maravilhosa que tínhamos descoberto lá com minha irmã Elizabeth, a pedido da minha irmã Margareth e onde estivemos com toda a família.A "casa do seu Paulo": enorme e maravilhosa; gratidão a ela e ao seu Paulo por tantas temporadas deliciosas vividas lá.

Ari me pediu então que eu fosse à livraria da cidade(São Sebastião?) enquanto ele ficava no carro por não haver lugar para estacionar. Ele queria que eu comprasse um livro do Paulo Coelho. Fui. Entrei na livraria e a primeira coisa que vi foi esse livro dentro de uma vitrine.Como é possível alguém "inventar" um livro com esse nome,"A realização espontânea do desejo"?Como é isso?

Falei com um vendedor que ia levar aquele livro e queria o mais novo que ele tivesse do Paulo Coelho. Ele achou para mim, peguei, paguei e saí de lá com a certeza de que carregava um tesouro. E isso se confirmou com os anos. E se o título fosse como o livro do Jung, "Sincronicidade"? Certamente eu teria levado.

Devorei o livro na praia e fiz os exercícios. Reli várias vezes. Organizei grupos de leitura dele com diferentes pessoas em diferentes lugares.

E na minha vida as sincronicidades passaram a acontecer com mais frequência porque quanto mais você as percebe e as segue, mais frequentemente elas acontecem.

Um abraço sincrônico e amoroso da 
Alzira Maria

  Abaixo, o texto que motivou esse post,  enviado por Angela Bittencourt, grande amiga e grande leitora! Já lemos juntas o "A realização espontânea do desejo" e muitos outros. Gratidão, Angela

TEXTO MOTIVADOR DO POST

A Fisioquântic tem a honra de trazer ao Brasil 
o Dr. Deepak Chopra!
 
 O Dr. Deepak Chopra é considerado pela Revista Time uma 
das 100 maiores celebridades do século. Conhecido como
 o “poeta e profeta da Medicina Integrativa” e famoso 
pela transformação pessoal, Dr. Chopra escreveu mais
 de 85 livros, entre eles “A Cura Quântica”, “As 7 Leis
 espirituais do sucesso”, “O Poder da Consciência”,
 “Você é o Universo”, incluindo mais 25 Best-Sellers 
do New York Times.
 
 É membro da Academia Americana de Medicina, 
Professor Clínico da UCSD Medical School, 
Pesquisador de Neurologia e Psiquiatria no 
Hospital Geral de Massachusetts (Estados Unidos)
 e membro da Academia Americana de Endocrinologistas 
Clínicos. Criou a Fundação Chopra e o Centro Chopra 
para o Bem-Estar. O World Post o classificou como o 
mais influente pensador no ramo da Medicina no Mundo.
 
 Junte-se ao Dr. Deepak Chopra e aos maiores médicos
 do Brasil e participe do maior Congresso de Saúde 
e Terapia Quântica do Mundo! Dias 21 e 22 de Setembro,
 no grandioso Teatro Bradesco.
 
 Inscrições abertas no site www.cstq.com.br!